Ementa Take Away Data: 15/05/2018

Poderá fazer a sua encomenda ligando para o Desalmadamente (210 101 862). As encomendas deverão ser levantadas até às 17horas no Desalmadamente. Poderão trazer vasilhame de casa. A encomenda implica o pagamento de 50% do valor total da mesma.


Caminhada Solidária dos Pais Natais Data: 16/12/2017

Concentração e partida às 10h00 do ATL - AIPICA


Alimentação Infantil Data: 16/11/2017

Vimos por este meio informar todos os pais e encarregados de educação que irá decorrer uma sessão sobre Alimentação Infantil com a Nutricionista da Instituição.


Notícias Aipiquianas Data: 20/04/2015

Consulte a nossa agenda Aipiquiana para Abril 2015.


Desfile de Carnaval Data: 18/04/2015

- Viu a sua criança dançar no desfile de carnaval? -Sentiu a emoção da sua criança face à descoberta da reflexão sobre o tema que estava a representar? Tem a oportunidade de o fazer no próximo sábado dia 18 pelas 16.00 horas.


Queques do 25 Abril - faça já a sua encomenda Data: 16/04/2015

A primavera de 1974 trouxe-nos a liberdade almejada por todos. A AIPICA antecipando a festa de todos nós, prepara o seu famoso queque, neste caso para saborear sentindo que “a liberdade está a passar por aqui”...


Rota das Cerejas do Fundão Data: 07/06/2017

Dia 1 de Julho vamos no comboio da CP/Lazer, até ao vamos Fundão, fazer a “Rota das Cerejas do Fundão”.


Caminhada nas Arribas do Tejo Data: 10/04/2017

Visita ao Núcleo Museológico das Mantas e Tapeçarias de Belver e o Museu do Sabão


Refeições

< voltar

> Alimentação Saudável


A importância de uma alimentação saudável

Para a prática de uma alimentação saudável deverá respeitar os seguintes princípios:

Realizar 6 a 7 refeições diárias (Pequeno-Almoço, Merenda da Manhã, Almoço, 1 ou 2 Lanches, Jantar e Ceia), pouco volumosas mas nutricionalmente equilibradas, com um intervalo máximo de 3 horas entre elas.

Fazer um bom Pequeno-Almoço, o qual deve incluir lacticínios, cereais e fruta. Por exemplo: 1 copo de leite ou 1 iogurte + 30g de cereais integrais ou 1 bolinha de mistura com queijo ou fiambre magro + 1 peça de fruta.

O Almoço e o Jantar devem iniciar-se sempre com hortaliças e legumes: crus, salteados ou na sopa. São fornecedores de vitaminas, minerais e fibras, contribuem para o bom funcionamento do intestino, diminuem a sensação de fome, se consumidos no início das refeições. O jantar deve ser leve, uma vez que neste período a digestão é mais lenta.

Para as refeições intercalares, a fruta, o pão de mistura e os lacticínios são as melhores opções. Estas vão permitir um melhor controlo do apetite.

Ingerir 1,5 a 2L de líquidos diariamente, o equivalente a 8 a 10 copos. Dê preferência à água, chás ou infusões sem açúcar e sumos de fruta naturais.

Deve ingerir 3 peças de fruta por dia, que deverão ser diferentes, de modo a aportar ao organismo diferentes vitaminas e minerais.

Dar preferência ao peixe. Deve ser consumido uma vez por dia.

Optar pelas carnes magras (frango sem pele, peru sem pele, coelho, vitela, avestruz)

Diminuir o consumo de sal, dando preferência às ervas aromáticas e especiarias para condimentar os alimentos.

Evitar os alimentos fritos. Preferir os cozidos, grelhados, ao vapor, assados e guisados (em cru).

Preferir o azeite para temperar e confeccionar as refeições. As restantes gorduras, com excepção da banha de porco, não toleram as temperaturas de confecção, degradam-se e contribuem para a ingestão de substâncias nefastas ao organismo.

Evitar o açúcar e derivados (produtos de pastelaria e outros)

Evitar o consumo excessivo de bebidas alcóolicas. Opte por beber um copo de vinho tinto às refeições principais, rico em polifenóis, protectores do coração.

Efectuar uma boa mastigação dos alimentos, pois vai contribuir para uma melhor digestão, um melhor aproveitamento dos nutrientes ingeridos, uma menor ingestão alimentar e para uma maior saciedade.

As refeições devem ser realizadas em ambiente calmo e sentado.

A prática de exercício físico deve ser regular, pelo menos 3 vezes por semana, durante 30 minutos.

Importância do leite e derivados

LEITE
O leite é um alimento nutritivo. Além do seu elevado teor em cálcio, que é facilmente absorvido, é também uma fonte de proteínas, vitaminas e minerais. No entanto, não pode ser considerado um alimento completo, uma vez que é pobre em celulose, ferro e vitamina C.
Rico em fósforo e cálcio, minerais que são fundamentais para a construção dos ossos e dentes, é também uma fonte importante de vitamina B2, a qual não se acumula no nosso organismo. A avitaminose B2 na criança, provoca paragem de crescimento, abatimento generalizado e peso estacionário. É muito importante para a produção de hormonas (corticosteróides) e células vermelhas do sangue.

As necessidades de leite variam com a idade e o sexo.
Crianças dos 2 aos 9 anos: 2 a 3 copos de leite/dia;
Crianças dos 9 aos 12 anos: 3 copos/dia
Adolescentes: 4 copos/dia
Adulto: 2 copos/dia

No leite magro, a ausência de gordura leva a uma ausência de vitamina A, lipossolúvel, que terá de se obter por outras fontes. O leite magro é adequado a pessoas que queiram emagrecer, no entanto não deve ser dado a crianças com menos de 5 anos, dado o seu baixo teor de calorias, gordura e vitamina A (protectora da visão, mucosas e pele).

As pessoas que não toleram a lactose e os veganos devem obter o cálcio de outras fontes alimentares tais como legumes, leguminosas e frutos secos.

Valor calórico:
Leite vaca gordo – 62 Kcal/100ml
Leite vaca meio gordo – 47 Kcal/100ml
Leite vaca magro – 34 Kcal/100ml

MANTEIGA/MARGARINA
Valor calórico da manteiga – 760 Kcal/100g
A manteiga é uma boa fonte de vitamina A, no entanto apresenta uma taxa elevada de colesterol (120mg/100g de manteiga). A manteiga é um produto mais natural que a margarina. É um alimento que deve fazer parte da alimentação das crianças e adolescentes. Os adultos devem consumi-la com moderação.
A manteiga não suporta temperaturas elevadas: fica negra e liberta acroleína, substância potencialmente cancerígena, assim é aconselhável que não frite os bifes em manteiga.

Valor calórico das margarinas de barrar varia entre 350 – 760 Kcal/100g.
As margarinas são produzidas a partir de óleos 100% vegetais (sementes de girassol ou grãos de soja), sendo por isso isentas de colesterol. Possuem ainda menor quantidade de sal que a manteiga. As margarinas, ou cremes vegetais para barrar, já não passam pelo processo de hidrogenação e por isso estão isentas de ácidos gordos trans, prejudiciais à saúde.
São ricas em ácidos gordos polinsaturados (ómega-3 e ómega 6) essenciais na prevenção primária e secundária das doenças cardiovasculares.
Tanto a manteiga como a margarina devem ser consumidas com moderação.

QUEIJO
É um alimento muito nutritivo que contém praticamente todos os elementos do leite, mas mais concentrados. Fornece proteínas valiosas, cálcio e vitamina B12 e é pobre em açúcares. Não possui lactose, o que o torna apto para intolerantes à lactose, dependendo do grau de intolerância.
O seu elevado teor em cálcio pode reduzir o risco de osteoporose.
É rico em gorduras saturadas, que contribuem para o aumento do nível de colesterol no sangue, contudo o teor de gordura é diferente de queijo para queijo.
Ajuda ainda a combater as cáries dentárias provocadas pelos alimentos açucarados, pois impede a formação dos ácidos que atacam o esmalte dos dentes.

IOGURTE
É um alimento de elevado interesse nutricional, quer pela qualidade dos seus nutrientes, quer pela presença dos fermentos lácteos vivos. É rico em proteínas de elevado valor biológico, minerais (cálcio) e vitaminas (A, B, e D), fornece energia e tem uma composição lipídica equilibrada e saudável.
É de mais fácil digestão que o leite. Quando o nosso organismo não consegue assimilar a lactose, regra geral pode ser substituído pelo iogurte. 1 copo de leite de 250ml equivale a 2 ou 3 iogurtes em praticamente todos os seus componentes.
Consumidos de forma regular (1 unidade diária), têm efeitos positivos sobre a flora intestinal. As bactérias vivas que existem no iogurte mantêm no intestino um meio ácido, que impede o desenvolvimento de microorganismos, entre os quais os que são responsáveis pelo aparecimento de doenças.
Os iogurtes ricos em fibras solúveis têm capacidade de redução do colesterol.
São ainda uma base de apetitosas sobremesas e uma alternativa saudável às natas.
Por não aderir aos dentes, não deixa neles resíduos que se possam instalar as bactérias responsáveis pela cárie dentária.

Iogurte natural magro – 42 Kcal/100g; Iogurte natural meio gordo – 54 Kcal/100g
Iogurte aroma magro sólido – 68 Kcal/100g; Iogurte aroma meio gordo sólido – 71Kcal/100g
Iogurte aroma magro líquido – 61Kcal/100ml; Iogurte aroma meio gordo líquido – 70Kcal/100ml

NATA
Rica em vitamina A. O seu teor de gordura é variável (18 a 45%).
São utilizadas em diversas receitas culinárias. O iogurte natural magro e as natas de soja são opções mais saudáveis.

Valor calórico nata maturada pasteurizada – 306 Kcal/100g

AIPICA - Associação de Iniciativas Populares para a Infância dio Concelho de Almada
Sede: (+351) 212 723 426 | Fax: (+351) 212 723 426 | Email: info@aipica.pt