Ementa Take Away Data: 15/05/2018

Poderá fazer a sua encomenda ligando para o Desalmadamente (210 101 862). As encomendas deverão ser levantadas até às 17horas no Desalmadamente. Poderão trazer vasilhame de casa. A encomenda implica o pagamento de 50% do valor total da mesma.


Caminhada Solidária dos Pais Natais Data: 16/12/2017

Concentração e partida às 10h00 do ATL - AIPICA


Alimentação Infantil Data: 16/11/2017

Vimos por este meio informar todos os pais e encarregados de educação que irá decorrer uma sessão sobre Alimentação Infantil com a Nutricionista da Instituição.


Notícias Aipiquianas Data: 20/04/2015

Consulte a nossa agenda Aipiquiana para Abril 2015.


Desfile de Carnaval Data: 18/04/2015

- Viu a sua criança dançar no desfile de carnaval? -Sentiu a emoção da sua criança face à descoberta da reflexão sobre o tema que estava a representar? Tem a oportunidade de o fazer no próximo sábado dia 18 pelas 16.00 horas.


Queques do 25 Abril - faça já a sua encomenda Data: 16/04/2015

A primavera de 1974 trouxe-nos a liberdade almejada por todos. A AIPICA antecipando a festa de todos nós, prepara o seu famoso queque, neste caso para saborear sentindo que “a liberdade está a passar por aqui”...


Rota das Cerejas do Fundão Data: 07/06/2017

Dia 1 de Julho vamos no comboio da CP/Lazer, até ao vamos Fundão, fazer a “Rota das Cerejas do Fundão”.


Caminhada nas Arribas do Tejo Data: 10/04/2017

Visita ao Núcleo Museológico das Mantas e Tapeçarias de Belver e o Museu do Sabão


J. Infância Bento Gonçalves Feijó
 
O Jardim de Infância Bento Gonçalves encontra-se instalado no piso superior do ringue desportivo do Bairro Bento Gonçalves – Feijó. Inicialmente construído com o apoio da Câmara Municipal de Almada, da Junta de Freguesia da Cova da Piedade e da Comissão de Moradores, como centro para idosos, foi convertido em ATL e Jardim de Infância em 1984, por inquérito realizado à população daquele bairro que concluiu que era urgente instalar no local um ATL, uma vez que o número de crianças sem qualquer tipo de protecção social era muito superior ao dos idosos.

Em 26 de Julho de 1984, a Junta de Freguesia da Cova da Piedade cede à AIPICA, a título precário, o primeiro andar sito na rua Joaquim Montes, Bairro Bento Gonçalves. Sendo o terreno propriedade do Município, a 11 de Dezembro de 2001 é feita recomendação à Divisão de Património da Câmara Municipal de Almada, no sentido de regular o processo daquele equipamento, possibilitando a formalização de um Contrato de Comodato com a AIPICA.

Actualmente, nesta unidade, a associação dá resposta a um grupo vertical de 21 crianças em idade pré-escolar (entre os três e os cinco anos). A equipa é constituída por uma educadora, duas auxiliares, uma auxiliar de serviços gerais em regime de Programa de Ocupação Temporária (POC) e uma cozinheira, sendo que este último elemento - Maria Arlete Costa - esteve ligado à Comissão que ajudou, literalmente, a edificar esta unidade educativa, constituindo a sua memória viva e tendo acompanhado e contribuído para a sua história até hoje.

A unidade educativa Bento Gonçalves tem capacidade para um total de 25 crianças distribuídas por uma sala única de Jardim-de-infância e com um horário de funcionamento das 7H30 às 19H30.

Esta unidade, à semelhança de outras, foi edificada com objectivos diferentes, sendo, actualmente, uma construção adaptada com uma sala ampla, luminosa e arejada, cozinha, sanitários e um espaço exterior.

O equipamento dispõe de:
- Uma pequena zona polivalente de arrumos e atendimento;
- Uma sala de actividades, com funções de refeitório e dormitório;
- Duas casas de banho (uma para adultos e uma para crianças);
- Uma cozinha;
- Uma área exterior descoberta.

Refeições e sesta

Embora não exista um refeitório, utilizam-se as mesas e as cadeiras mais centrais para fazer as refeições. No período da tarde, encerramos as cortinas que dividem a sala a meio, e dispomos os catres para o repouso, deixando a restante sala para a continuação das actividades.

Toda a concepção do ambiente educativo não é estática nem definitiva. O planeamento, a observação, a reflexão, a avaliação e a reformulação constituem um processo constante na busca do que melhor se adequa às necessidades das crianças a cada momento. Os brinquedos, espaços e materiais fazem parte do contexto estrutural e organizacional e, juntamente com a qualidade das relações que se constroem no seio do grupo, formam um instrumento de prossecução dos objectivos pedagógicos do projecto de educação no jardim de infância.

A organização do espaço e dos materiais é essencial ao desenvolvimento da acção infantil na forma como condiciona o movimento no espaço, a exploração das superfícies e dos objectos, o alcance dos materiais e as próprias interacções. O ambiente reflecte os diferentes ritmos de desenvolvimento, a diversidade de interesses e capacidades do grupo de crianças. Os materiais são desafiadores e desencadeiam formas de acção e colaboração que permitem às crianças criar, entre si, estratégias de acção e de resolução de problemas.

Em Setembro/Outubro, estamos em pleno período de adaptação. É o momento para nos conhecermos, para as crianças tomarem contacto com o contexto de Jardim de Infância, de iniciarem novas relações, de retomarem contacto com os amigos, de explorarem as possibilidades deste espaço e de si mesmas. É o início do caminho. Contamos as famílias para retomar o nosso projecto e para, todos juntos, o tornarmos o mais significativo, desafiador e dinâmico possível. Até breve!

Organização do Tempo: Rotina

Rotina diária: o que é? É a sequência horária dos acontecimentos que diariamente se realizam numa sala de actividades. A rotina diária ajuda as crianças a desenvolver o seu controle interno fornecendo-lhes experiências concretas de relações temporais. Pela rotina a criança aprende o que é primeiro, a seguir e no fim. Tem liberdade de escolher, de realizar, criar trabalho e preparar-se para a actividade seguinte. Deverá ser considerada como um instrumento de trabalho para a aprendizagem, no que se refere à cultura do meio como fonte inspiradora de actividades educativas.
Uma rotina adaptada às características do contexto do contexto e do grupo de crianças implica uma sequência intencional, razoável e predizível que favoreça a autonomia e a aprendizagem pela acção. Isto é, uma rotina diária sequencial, estável, predizível dá às crianças um sentimento de que possuem algum controlo sobre aquilo que se vai passar a seguir , permitindo-lhes ter o domínio da sua actividade, planeá-la na certeza de que terão momentos para brincar, conversar, comer, descansar e concretizar os seus planos. O esquema sobre a organização da rotina que será apresentado neste capítulo está estruturado de acordo com a sequência planear-fazer-recordar, conforme a metodologia adoptada.

As rotinas têm como objectivo os seguintes princípios básicos:

  • Proporcionar às crianças um processo de planeamento, execução e avaliação que as ajude a explorar, desenvolver, a fazer projectos e tomar decisões futuras;

  • Possibilitar vários tipos de interacção entre pequenos e grandes grupos: adulto-criança e criança-criança. Possibilitar, igualmente a existência de actividades, tanto iniciadas pelas crianças como iniciadas e orientadas pela restante equipa de trabalho;

  • Proporcionar às crianças tempos suficientes para trabalhar numa grande variedade de ambientes, interior e exterior, e em várias áreas de trabalho;

  • Satisfazer as necessidades básicas das crianças atempadamente, como higiene e alimentação.


  • Segue-se uma breve caracterização dos principais blocos que compõem a rotina:

  • Acolhimento – É feito normalmente pelas Ajudantes de Acção Educativa, que recebem a crianças desde a abertura do equipamento conversam com os pais que chegam mais cedo, recebem recados.


  • Planeamento de actividades – Neste tempo trabalhamos as diversas áreas de conteúdo: Área de Formação Pessoal e Social, Área das Expressões e Comunicação, Área do Conhecimento do Mundo.


  • Actividades planeadas – Neste tempo põe-se em prática o que foi planeado no grande grupo. A criança é autónoma o suficiente para desenvolver o seu trabalho. No entanto, sempre que necessário a criança pode contar com a ajuda do adulto.


  • Recreio – Neste período, a criança desenvolve o seu lado social, podendo interagir com os pares num ambiente menos directivo, desenvolvendo uma actividade motora mais intensa.


  • Hábitos de Higiene – Neste momento a criança tomam consciência da importância da lavagem das mãos antes das refeições, da escovagem dos dentes após as refeições, e outras práticas de higiene essenciais.


  • Almoço e Lanche – Estes são os momentos oportunos para interiorizar a importância da alimentação saudável, para o reforço da autonomia, de hábitos de saúde e sociais.


  • Componente sócio-educativa – Neste período, são também contempladas actividades lúdico-pedagógicas, embora sem a presença do educador, adequadas ao desenvolvimento das crianças. As crianças fazem brincadeiras livres e é também o momento em que os encarregados de educação vêem buscar as crianças.


  • Repouso – O tempo de repouso em idade pré-escolar, ocorre por imposição do cansaço das crianças, sendo uma parte regularmente programada do dia no infantário. A sesta ou repouso proporciona à criança o sono e o descanso necessários para o desenvolvimento e crescimento nesta faixa etária (de 2 a 5 anos). Em termos fisiológicos, o sono da criança permite que o seu cérebro consolide as mudanças maturacionais do seu sistema nervoso. O sono e o repouso ajudam-nas a ficarem com a sua boa disposição de volta, reduzindo a ansiedade. O repouso poderá ser também encarado como uma retirada calma das exigências sociais intensas pelas quais as crianças passam dentro do contexto do grupo infantil, proporcionando à criança a oportunidade de recarregar as suas energias físicas e emocionais, para a parte do dia que se segue. Desta forma, o educador programa a hora da sesta segundo as necessidades individuais de cada criança, ajudando as crianças a acalmar, proporcionando alternativas sossegadas para as crianças que não dormem.


  • AIPICA - Associação de Iniciativas Populares para a Infância dio Concelho de Almada
    Sede: (+351) 212 723 426 | Fax: (+351) 212 723 426 | Email: info@aipica.pt